Treinamento Integral

O Método Nuno Cobra é pioneiro no conceito de integrar corpo, mente, emoção e espírito. Esta metodologia oferece recursos e propõe mudanças de hábitos relacionados aos pilares essenciais que estruturam a nossa saúde e o nosso equilíbrio pessoal. A partir desta metodologia criei minha própria forma de entender o corpo, a qual chamo de “Treinamento integral.” Esta visão me fez organizar nosso método através de 7 pilares essenciais.

O Treinamento Integral é fiel a toda a base do método Nuno Cobra, acrescido a minhas próprias pesquisas e aos estudos do meu irmão Renato Cobra. É natural que uma nova geração traga novas visões e conceitos. A partir desta necessidade nós expandimos este Método, acrescentando novos conceitos, exercícios e possibilidades. Atualizações tais como um enfoque maior na maleabilidade, nas técnicas circenses, nas atividades lúdicas, nas formas de meditações ativas, técnicas de meditação, no chi kung, na integração das técnicas somáticas e no conceito de flow, entre outros.

 

Nesta metodologia o corpo se transforma em um potente caminho de auto conhecimento e auto transformação.

Somos matéria prima da nossa própria vida. Trabalhando nosso equilíbrio pessoal, resgatamos nosso poder e criatividade, e ampliamos nossa capacidade de realização.

O corpo é a nossa casa primordial, ao investirmos e estarmos atentos aos pilares que dão sustentação a esta casa, ganhamos saúde, vitalidade e equilíbrio, o que se reflete em nossa vida e em nossas relações.

CELEIRO DE ATLETAS

Este projeto busca disponibilizar uma metodologia diferenciada de treinamento mental e emocional, desenvolvida em mais de 65 anos de experiências práticas e estudos na área de treinamento e saúde.

Em workshops que tenho realizado para atletas em todo o país, pude constatar o quanto os jovens atletas desconhecem os princípios básicos do treinamento mental e os pilares essenciais para a alta performance.

Desta necessidade, nasce a vontade de criar um núcleo de treinamento transdisciplinar e investir na formação de atletas em uma fase rica de aprendizado, que vai dos 13 anos aos 21 anos de idade.

Nuno Cobra Júnior

 

SAIBA MAIS

COMO TREINAR

ATENDIMENTO INDIVIDUAL PRESENCIAL

Esta consultoria em Qualidade de vida e Treinamento Integral acontece através de encontros presenciais semanais.
Nestes encontros proponho exercícios cardiovasculares e musculares, atividades de flexibilidade, coordenação motora , postura e equilíbrio, de acordo com as possibilidades de cada aluno. Além disto ofereço orientações sobre alimentação, sono, relaxamento e meditação. Todos estes conteúdos são trabalhados a partir de uma noção específica de Saúde, Consciência Corporal e Presença e são apresentados gradativamente de acordo com a evolução de cada aluno.
Este método se ajusta a diferentes necessidades: performance esportiva, emagrecimento, saúde, autoconhecimento, ente outros, buscando atingir os objetivos específicos de cada aluno de forma segura e eficiente. Ele é sustentável, inclusivo, humanizado e se adequa a todos os tipos físicos.

ATENDIMENTO INDIVIDUAL A DISTÂNCIA

Esta consultoria conta com um encontro presencial mensal e acompanhamento via skype ou telefone quando necessário.
A cada encontro um novo conteúdo é apresentado e o aluno se dispõe a colocá-lo em prática sozinho onde e quando lhe for mais adequado. A ideia é o aluno ser o agente da sua própria transformação, aprendendo e se apropriando deste conhecimento corporal.

WORKSHOP / PALESTRAS/ VIVÊNCIAS

Oferecemos diversos formatos de workshop, palestras e vivencias que buscam aprofundar e desenvolver aspectos ligados a consciência corporal e desenvolver os pilares essências do treinamento Integral.

Para saber mais entre em contato no contato@nunocobrajr.com.br

 

SALVAR AS OLIMPÍADAS

Recentemente, conversado com um amigo, um dirigente do comitê olímpico, fiquei sabendo que, muito provavelmente, as olimpíadas serão canceladas, definitivamente. Para mim, dói muito imaginar isso. Eu trabalho com o treinamento físico e mental de atletas, há 36 anos, desde 1984, na época da olimpíada de Los Angeles. Eu sei que para milhares de atletas em todo o mundo, participar de uma olimpíada é um sonho, o projeto de uma vida inteira. 

Honrando o espirito olímpico, eu gostaria de imaginar um mundo no qual os valores humanos, a união e o bem coletivo fossem mais importantes que os interesses individuais e os valores financeiros. As olimpíadas, traindo os preceitos do Barão de Coubertin, seu idealizador na era moderna, se transformaram em um grande business, uma festa muito cara, contrariando seu espirito original e amador.           

No cenário atual, parece que não faz muito sentido, depois de todo a dor e sofrimento que passamos e ainda vamos passar, celebrar os valores humanos e a vida, realizando assim, essa grande festa.

Eu penso ao contrário, nos momentos de maior dificuldade, é ainda mais importante celebrar a vida e as suas belezas. Agora, nesse momento de dor, proponho um desafio estimulante, proponho nos unirmos em um projeto para salvar as olimpíadas. Afinal, o exemplo de superação, a capacidade de sublimação, a lição de resiliência, a poesia do movimento e a poesia da própria vida, nunca foram tão significativos. A cada olimpíada, bilhões de pessoas, em todo o mundo, ficam incrivelmente inspiradas e emocionadas ao acompanhar os jogos, sentindo-se renovadas em sua fé e esperança. Para mim, isso, por si só, tem um valor inestimável.

Em um mundo com tanta desgraça e tanta notícia ruim, incentivar a superação e a alegria, celebrar os valores essenciais da vida e do esporte, surge com um precioso antidoto a todo esse sofrimento.

O japonês é um povo guerreiro, um povo que cultiva a nobreza de espirito e a perseverança. Um povo que criou a ideia de Kamikase, um ato de extrema coragem, no qual um indivíduo sacrifica a própria vida em prol de um interesse coletivo.

O brasileiro é um povo muito criativo, um povo alegre e festivo. Um povo que inventou o conceito de “Jeitinho”, ou seja, quando algo não tem solução, inventamos um jeito de contornar essa dificuldade. Coincidentemente, Brasil e Japão são dois países irmãos, São Paulo abriga a maior colônia japonesa no mundo. 

E então eu lhe pergunto, o que dois irmãos não fazem para viabilizar uma festa? Pois bem, se você dissesse a um brasileiro que a festa é muito cara e por isso, ela terá que ser cancelada, ele, provavelmente iria dizer: Não vamos cancelar, não! E se a gente fizesse uma “vaquinha”?

Seguindo esse raciocínio, proponho fazermos uma olimpíada diferente, de portas abertas, uma grande festa viabilizada por uma pequena contribuição de todos nós. Se até lá não tivermos vacina, podemos faze-la apenas virtualmente para bilhões de pessoas e colocar nos estádios um sistema de som simulando os aplausos e gritos de incentivo. Sei lá! Só sei que para cada problema, existem diversas soluções. Que tal pensarmos juntos sobre esse problema?

Pela primeira vez em nossa história, uma olimpíada foi adiada. O que é mais um fator a contar contra a sua realização. Os japoneses já mostraram que estão se esforçando para encontrar uma solução. Porém, mais uma vez, essa decisão será tomada pelos burocratas do esporte, senhores que analisam números e pouco se importam com o lado humano dessa questão.

Nesse momento, me parece significativo não desistirmos e não ficarmos passivos perante essa questão. O poder de mobilização dessa inciativa popular pode servir como inspiração a outros problemas que enfrentamos coletivamente. Assim, além de celebrar o nosso poder de superação, vamos mostrar que não existem fronteiras entre todas as nações e que as decisões que afetam todos não devem ser tomadas de forma unilateral, de cima para baixo, sem a participação dos atletas.

Eu daria uma pequena contribuição para assistir as olimpíadas em um canal pago, e você? Podemos nos mobilizar e juntos pensar em formas de manter a chama olímpica acesa, alimentando o sonho de milhares de atletas, em todo o mundo. Vou convidar as pessoas que conheço e colocar adiante esse projeto. Se puder, ajude a compartilhar essa mensagem!

Às vezes, magicas acontecem quando nos unimos e trabalhamos em rede, somando nossas diferenças!                         

 

COMO PARTICIPAR DO PROJETO

Este é apenas o “ponta pé” inicial desse projeto, em breve vamos anunciar novas ações visando levar adiante essa iniciativa.

Caso queira colaborar, fazer parcerias ou discutir novas ideias, basta enviar um e-mail para: contato@nunocobrajr.com.br